domingo, 17 de abril de 2011

Inception Direção Samuel Fuller Colorido 160 min EUA/1966



Um filme noir sobre pessoas, que roubam informações entrando nos sonhos de suas vitimas. Essa premissa fantástica, que nas mãos de um diretor qualquer poderia ser algo confuso ou ate bobo, tornou se uma pequena obra prima sob a direção de Samuel Fuller.Com um trabalho de câmera que deixa os espectadores sem fôlego, e close-ups extremos, Fuller, usa sua visão exclusivamente pessoal; e sua obsessão por temas como mentira e enganação, para contar a estória de um grupo de “ladrões de sonhos” chefiados por Dom Cobb ( Tab Hunter ).
O grupo, acostumado a roubar segredos nos sonhos alheios, tem como missão algo que nunca tinham feito antes: Implantar uma idéia na mente de um rico industrial militar vivido pelo oscarizado e decadente James Dean, e assim tentar deter um iminente apocalipse atômico.
O filme e permeado pela paranóia típica da Guerra Fria que vivemos. Muitos dos sonhos mostrados servem como metáforas criticas da sociedade americana e seus valores.
Destaque para os efeitos especiais simples e eficientes, produzidos pela mesma equipe responsável pecos efeitos do cultuado seriado Star Trek.
Bons sonhos.



Um comentário:

  1. bacana, mas o ROEG hein? não seria ainda mais interessante?

    ResponderExcluir